sexta-feira, 8 de março de 2013




 O Dia Internacional da Mulher  8 de Março.
 E é um dia  para a celebração dos feitos econômicos, políticos e sociais alcançados pelas mulheres.
 O dia internacional da mulher foi iniciado na virada do século XX, durante o  processo de industrialização e expansão  econômica.
 As mulheres empregadas em fábricas de vestuário e indústria têxtil   fizeram  seus  protestos em 8 de Março de 1857 em Nova Iorque,  protestavam sobre as más condições de trabalho e reduzidos salários.
Neste dia, dedicado as mulheres, quero dizer do quanto admiro esta Félix  que  leva em si toda energia necessária para superar cada dor, cada tempestade,para abraçar toda uma família conciliando, amparando, doando-se de forma plural,como a terra que abraça a todos sem distinção.  O universo feminino é amplo, resistente  e  fágocitado.
Parabéns mulher.

Dora Dimolitsas Coordenadora da Poemas Flor da pele em São Paulo
Embaixadora da paz.



Olho minh’ alma
no manto da noite
como um peixe

soluvel no xicotear
da madrugada,

mergulho fundo
vou buscar a chama
que arde incontida
e explode com o sereno da manhã.

DORA DIMOLITSAS

terça-feira, 5 de março de 2013

Viajar vales, sentir cheiros,
Cavalgar, beber na fonte.
Adentrar labirintos holográficos
Conhecer o espelho de Afrodite
Unir forças ao escudo e lança de Ares

No papiro, os artefatos celebres, camicases hábeis
De Cossacos e Troianos, na fúria das amazonas,
Perdem escudos viram vândalos gladiadores.
A força da fêmea ávida, vencida na relva.
Dora Dimolitsas
Poeira desprende-se em sinfônia,
Um violino regendo orquestras de partículas,
Tchaikovski tem alucinações em busca do Stradivarius
Na battuta rítmica, varas no chão

O compasso entre Rock’n’roll,e sinfônia
Traz blues de embalo constante.
Assombra os Beatles, e os Rolling Stones
Compassos de sopranos , e tenores.

Dora Dimolitsas